Gatinho resgatado sem as patas traseiras aprende a andar com cadeira de rodas

Por SÍLVIA HAIDAR

Cassidy é um filhote que foi encontrado sem metade das patas traseiras vagando pelas ruas da cidade de Langley, em British Columbia, no Canadá.

O gatinho e sua irmã, resgatada com ele, foram levados à TinyKittens, uma ONG canadense que cuida, castra e doa bichanos abandonados.

X

Segundo Shelly Roche, uma das fundadoras da TinyKittens, Cassidy parece ter nascido no início de julho deste ano. Os veterinários da ONG acreditam que ele tenha perdido parte das patas traseiras, abaixo dos joelhos, logo após o nascimento.

“Nós suspeitamos que sua mãe tenha mastigado acidentalmente as patinhas dele enquanto tentava separar o cordão umbilical após o parto. É incrível que ele tenha sobrevivido”, diz Roche.

Cassidy chegou ao abrigo muito magrinho, com uma grave infecção e com poucas chances de sobreviver. Mas com o tratamento que recebeu, ele melhorou, ganhou peso e começou a brincar com os outros gatinhos.

Só faltava uma coisa para Cassidy ter mais liberdade: uma cadeira de rodas que o ajudasse a se mover.

O equipamento foi projetado e doado por Andrew Phillips, proprietário da Handicapped Pets, uma loja especializada em artigos para animais com deficiência.

Phillips afirma que esta é a menor cadeira de rodas que ele já criou –e olha que ele já fez uma semelhante para um coelho, “um pouco maior do que Cassidy”.

Cassidy testa a cadeira de rodas criada especialmente para ele (Reprodução/TinyKittens)

Cassidy testa a cadeira de rodas criada especialmente para ele (Reprodução/TinyKittens)

O gatinho vai ganhar uma nova cadeira de rodas quando crescer, e a atual será guardada para outro animal que precisar.

Enquanto Cassidy aprende a andar com o equipamento, ele brinca muito com seus companheiros de abrigo e espera que alguém o adote para ser feliz para sempre em um novo lar.

Veja no vídeo abaixo Cassidy, esse gatinho guerreiro e lutador, dando os primeiros passos na cadeira de rodas.