Quer conhecer o gato elfo? Ele estará em exposição na avenida Paulista neste fim de semana

Por SÍLVIA HAIDAR

Eles quase não têm pelos e ostentam longas orelhas curvadas. Além da aparência incomum, os gatos da raça elfo têm como características o companheirismo, a vitalidade, o baixo índice de doenças e o temperamento extremamente dócil.

Devido à fisionomia exótica, essa raça foi batizada de elfo, nome das criaturas místicas da mitologia nórdica. Por isso, esses gatinhos geralmente são comparados ao famoso elfo Dobby, personagem da saga Harry Potter.

X

Inédita no Brasil, a raça será apresentada pelo Clube Brasileiro do Gato nas exposições dos dias 12 e 13 de março, no Club Homs (av. Paulista, 735, Bela Vista), em São Paulo.

A linhagem surgiu nos EUA, em 2007, quando a criadora Karen Nelson cruzou as raças sphynx (sem pelos) e american curl (de orelhas curvadas). Ela decidiu começar a experiência depois que um dos seus gatos da raça sphynx morreu de problemas cardíacos com apenas cinco meses de idade.

Ao misturar o sphynx com o american curl, Nelson conseguiu diminuir o índice de doenças cardiovasculares em um gato quase sem pelos –o elfo tem uma fina camada felpuda sobre o focinho, as orelhas, as patas e a cauda.

A raça costuma ter porte médio e pesar de 3,6 kg a 6,8 kg.

O gatinho Viktor, 2 anos, da raça elfo (Reprodução/Instagram/viktor_elfcat)
O gatinho Viktor, 2 anos, da raça elfo (Reprodução/Instagram/viktor_elfcat)
Exposição do Clube Brasileiro do Gato
Sábado (12), das 10h às 17h, e domingo (13), das 10h às 13h
Club Homs – av. Paulista, 735, Bela Vista, região oeste, tel. 3289-4088
A entrada é gratuita, mas pede-se a doação de uma lata de leite em pó que será destinada à Casa Hope. A mesma quantidade de leite arrecadada será doada em ração para as ONGs Catland e Confraria dos Miados e Latidos.
Não é permitida a entrada de animais que não estejam inscritos no evento.
Mais informações: www.clubebrasileirodogato.com.br