Após protestos internacionais, gato escapa de ser ‘demitido’ de biblioteca nos EUA

Por SÍLVIA HAIDAR

Mexeu com um, mexeu com todos. Ok, talvez nem todos os gatos do mundo tenham sabido do drama vivido por Browser, um bichano que mora na Biblioteca Pública de White Settlement, no Texas. Mas os gateiros souberam do caso e decidiram tomar uma atitude.

Tudo começou em junho, quando um conselho da cidade de White Settlement decidiu que Browser tinha 30 dias para deixar o local e arrumar outro local para morar. O motivo? O felino poderia passar doenças e alergias aos frequentadores da livraria, além de atrapalhar uma reforma no prédio.

A justificativa seria absurda, segundo afirmou Lillian Blackburn, presidente dos Amigos da Biblioteca, na página oficial da livraria. Blackburn explica que o gatinho vive na lá desde outubro de 2010, quando foi adotado de um abrigo local para espantar os ratos do prédio.

X

Com todo seu carisma e charme, Browser logo se tornou uma figura importante da comunidade e amada pelos frequentadores locais. Ele se dá bem com todos, especialmente com as crianças, que são loucas por ele, disse Blackburn.

A notícia da “demissão” de Browser logo percorreu toda a cidade. Em outra reunião do conselho de White Settlement, oito pessoas se posicionaram publicamente a favor do gato e mais de 700 assinaram uma petição para que o bichano continuasse na biblioteca.

Em pouco tempo, o caso ultrapassou as fronteiras da cidade: 12.000 pessoas de todas as partes do mundo assinaram uma petição no site change.org pleiteando a mesma causa. A página da biblioteca no Facebook também teve milhares de comentários vindos de vários países para apoiar Browser.

Em uma sessão extraordinária do conselho, Ron White, o prefeito da cidade, disse ter recebido mais de 1.000 mensagens de apoio ao bichano vindas “de todos os lugares dos Estados Unidos, bem como da Alemanha, da Austrália, da Malásia, de Guam, e da Inglaterra”.

Resultado: após todo o clamor internacional, Browser continua na biblioteca exercendo sua função de auxiliar de leitura e propagador de fofura.

O gatinho Browser descansa ao lado de um livro na biblioteca (Reprodução/Instagram/wslibrary)
O gatinho Browser descansa ao lado de um livro na biblioteca (Reprodução/Instagram/wslibrary)